De Volta ao Trabalho!

Meus amigos, essa semana volto ao trabalho depois de boas férias passadas em casa mesmo curtindo minha gatinha Ana Beatriz, passando uma ótima semana com meu filho Pedro Manuel e, claro, com a Dani, minha esposa que não estava de férias.

Quero compartilhar com vocês um pouco do que pude experimentar neste período. A expressão “cabeça vazia, oficina do diabo” é a mais pura verdade. Nos primeiros dias eu fiquei em casa em uma agonia muito estranha. Só vendo tv, seriados que não nos trazem muita coisa boa, minha filha querendo brincar e eu, com a desculpa de que estava descansando, só no sofá, na tv e na internet. Eu vi que isso afetou profundamente a alegria da Ana e a Dani também começou a ficar um pouco chateada comigo. É verdade! Quando ficamos parados à toa, nós começamos a incomodar. Esta é uma forma que o inimigo de Deus encontra para tirar a paz de nossas famílias.

Percebi o olhar de tristeza em minha esposa por ver que eu estava acomodado, com preguiça e deixando a carga de trabalho de casa para ela. É isso mesmo, meus irmãos! Não temos noção de quanto nós, homens, deixamos tristes nossas esposas simplesmente porque somos egoístas e não deixamos de lado um pouco a tv ou a internet para ajudar nas coisas de casa.

Mas Deus manda seus recados. Ao ler do diário de Santa Faustina percebi, com seu exemplo, as virtude do trabalho, da obediencia e da mortificação (quando ”morremos” para nossa vontade em favor do outro e para agradar o coração de Jesus), e o quanto isso agradava a Deus. Então resolvi trocar o comodismo pelo trabalho simples de casa, porém um trabalho que nunca havia feito antes. Dediquei meus dias para os trabalhos domésticos e as noites para Missas diárias e orações como o terço da misericórdia e o oficio de Nossa Senhora. Meu amigos, isso não quer dizer que trabalhei todo o tempo e que rezei todo o tempo. Na verdade dediquei um valioso tempo para brincar com a minha filha, para conversar com minha esposa. Usei internet sim, vi tv também, mas sem excesso, com temperança.

Hoje, são claros os frutos que estou colhendo desta mudança de comportamento. Saí do egoísmo machista e entrei no convívio familiar sadio. Minha filha me chama para brincar e minha esposa está um doce só!!!! Quantos casais estão separando hoje em dia porque um não procuram ver um a necessidade do outro. Quantas crianças começam a desenvolver uma revolta, ou até mesmo o homossexualismo porque sentem carência de pai ou de mãe que estão vivos, moram na mesma casa, mas não dedicam tempo para brincar e amar seus filhos. Isso é muito sério! É preciso ter atenção e combater estas pequenas coisas que o inimigo coloca em nossa vida todos os dias.

Outro fruto importante que colhi com esta mudança de comportamento e decisão de ser de Deus, foi uma paz interior muito grande. Quando nós buscamos a Deus, somos fiéis na oração pessoal, vamos à Missa e nos alimentamos da Eucaristia, se não todo dia, mas pelo menos toda semana aos domingos. Podemos ter certeza que as graças de Deus virão! No ano passado participei de um projeto muito bonito, mas que, infelizmente, não deu certo. O que recebia por ele era a maior parte dos meus rendimentos e, portanto, comecei o ano sem receber salário e vendo minha família quase passar necessidade. Mas a fidelidade me deu forças para suportar este período de insegurança sem murmurar e sem perder a paz. A força interior, que movia nossa família e que nos dava confiança na providência Divina, foi fortíssima. Hoje estou trabalhando em empregos escolhidos por Deus e que, não só me trazem o provento, mas garantem a educação da Ana Beatriz e da Maria de Lourdes (que nem nasceu ainda).

É isso, meus amigos! Testemunho pra vocês este pequeno milagre da providência e da misericórdia de Deus na vida de um servo que buscou a Deus em primeiro lugar e confiou que o resto seria dado por acréscimo! (Mt 6,33). Não estou rico, não estou sem problemas, mas estou feliz e firme no caminho. Confiando cada vez mais em Deus e com o coração desejoso de seguir adiante com fidelidade e força!

Deus te abençoe!

Ronan de Moura

Membro da Fase do Discipulado da Comunidade Obra de Maria

Missão Brasília

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...