Liturgia – o mistério da salvação

A liturgia. Tanto ouvimos dizer essa palavra nas paróquias e comunidades religiosas em que frequentamos.

Mas o que quer dizer LITURGIA?

A palavra “liturgia” significa SERVIÇO religioso prestado em favor do povo, dirigido a Deus. Portanto, algo sagrado. É um “culto público feito em nome da Igreja”; podemos dizer também que é um caminho, um meio mais fácil e eficaz para entrar em comunhão com Deus.

Isso mesmo: Serviço! Antigamente, usava-se a palavra liturgia para outras atividades como um trabalho de polícia ou dos bombeiros, bem como serviços hospitalares também eram chamados de liturgia, pois eram serviços à população.

Nos nossos dias, a palavra Liturgia ficou mais destinada ao aspecto religioso, não só na fé católica, mas outras religiões e dominações também usam esse termo em suas celebrações e atividades.

“Originariamente, a palavra «liturgia» significa «obra pública», «serviço por parte dele em favor do povo». Na tradição cristã, quer dizer que o povo de Deus toma parte na «obra de Deus». Pela liturgia, Cristo, nosso Redentor e Sumo-Sacerdote, continua na sua Igreja, com ela e por ela, a obra da nossa redenção.” – CIC 1069

Para nos cristãos católicos, a palavra Liturgia continua significando serviço, um serviço da parte do povo em favor do povo de Deus, pois é o próprio Deus que em sua infinita bondade retira de um povo e coloca a serviço em favor desse povo algumas pessoas. Daí os sacerdotes, os ministros, as equipes de liturgia, músicos e todos que, de tão belo modo servem nas nossas paróquia e comunidades, nas santas celebrações.

Desde o Antigo Testamento, já ouvimos falar sobre as celebrações, sobre a liturgia da época, com sacrifício e holocaustos de animais. “E chamou o SENHOR a Moisés, e falou com ele da tenda da congregação, dizendo: Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao Senhor, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha.” (Lv 1,1-2) E também nas sinagogas com a palavra e as escrituras, por muitas vezes vemos Jesus ir ao templo para rezar e meditar e também para ensinar. “Ele ensinava nas sinagogas e era aclamado por todos. Dirigiu-se a Nazaré, onde se havia criado. Entrou na sinagoga em dia de sábado, segundo o seu costume, e levantou-se para ler.” (Lc 4,15-16) Isto também é liturgia. Aproximando-se mais com a liturgia da maneira como a temos hoje, vemos no Novo Testamento algumas passagens interessantes, como quando Jesus manda alguns de seus discípulos a cidade preparar a ceia, o que ali seria instituição da eucaristia e a celebrada a Santa Missa. (cf Mc 14,12-16)

Na liturgia é que Cristo Nossa Páscoa se faz presente em nosso meio em cada celebração, seja na Oração das Horas ou na Santa Missa. O que celebramos na liturgia possamos levar em nossa vida.

Rezar a liturgia é preparar o nosso coração para acolher com amor o Senhor em nossa vida e celebrar no nosso santuário interior, desde já, a liturgia que um dia celebraremos sem fim no céu.

Que Deus abençoe você!

Wallison Soares
Consagrado Obra de Maria
Missão Brasília

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...