O medo nos impede de reconhecer Jesus

Quem gosta de sentir medo? Acredito que ninguém.

Você pode estar pensando: “Muitas pessoas gostam de esportes radicais ou de filmes de terror. Elas gostam de sentir medo.” Não é bem assim. Qualquer atividade, por mais radical que seja, tem suas normas mínimas de segurança para que tudo corra bem. E filmes são uma ilusão. Estou falando de medo mesmo. Aquela sensação de desespero. De não ter os pés no chão. Dessa, tenho certeza, ninguém.

Pois bem, e esse medo é tão ruim, mas tão ruim, que nos impede de ver a Deus. Ele pode estar na nossa frente, falando conosco, que não o reconhecemos. Quer exemplos?

Maria Madalena não reconhece Jesus que fala com ela após a Ressurreição e acredita ser um jardineiro. (Jo 20,15)

Os discípulos de Emaús, mesmo caminhando e conversando horas com Ele, pensam ser um forasteiro. (Lc 24,18)

E conosco hoje não é diferente. Temos imensa dificuldade de reconhecer o Cristo no coração de um mendigo, de uma criança, de um idoso. E no coração de um político? Pois é, Jesus também se esconde lá.

O medo, a ausência de confiança em um Deus que nos ama infinitamente e que entregou Seu Filho único por cada um de nós, nos cega e paralisa. O medo nos impede de enxergar além.

O medo nos fecha em nós mesmos. “Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: A paz esteja convosco!” (Jo 20,19)

O remédio contra o medo é a confiança em Deus. Só com ela conseguimos estar abertos a viver sem máscaras e com simplicidade.

Deus está no coração de cada um que se deixa guiar por Ele.

Dê o passo. Confie em Deus e abrace ao novo em sua vida.

Jesus, eu confio em Vós!

Que Deus te abençoe!

igorÍgor Guimarães

Consagrado Obra de Maria

Missão Brasília

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...