Onde estão os outros nove?

Esses dias o Senhor tem me dado a graça de contemplar as maravilhas que Ele realiza na minha vida.

Temos um Deus carinhoso e que cuida até mesmo dos pequenos detalhes. Tenho me impressionado com a bondade infinita de Deus, que tem permitido perceber que Ele tem escutado minhas orações e meu clamor.

É um momento de graça e que não durará para sempre. Mas, é um momento que Deus permite que eu veja sinais claros de Sua presença em minha vida.

Já passei  e, certamente, passarei muitos momentos que chamamos de deserto, que é um tempo onde não sentimos a presença de Deus, e parece que ficamos com a visão obscurecida para ver Sua obra em nós. São momentos que nos mantemos em pé pela fé e confiança em Deus, mesmo sem ver.

“Felizes aqueles que crêem sem ter visto!” (Jo 20, 29b)

Tendo essa consciência, tenho mais do que nunca render graças ao Senhor por esse tempo que Ele tem se mostrado para mim.

Não tem um dia que percebendo minha vida, não vejo claramente a mão de Deus me conduzindo. É um derramamento profundo de amor – e Ele é o próprio amor! E se mantêm fiel mesmo diante das minhas falhas, fraquezas, miséria, pecados e tantas coisas mais.

Como contemplar a graça de Deus e perceber que sou abençoada e não ser agradecida?

Convido você a meditar sobre o texto bíblico –“A cura dos 10 leprosos”:

“Sempre em caminho para Jerusalém, Jesus passava pelos confins da Samaria e da Galiléia.  Ao entrar numa aldeia, vieram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e elevaram a voz, clamando:  Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!  Jesus viu-os e disse-lhes: Ide, mostrai-vos ao sacerdote. E quando eles iam andando, ficaram curados. Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em alta voz.  Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano.  Jesus lhe disse: Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove?  Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?  E acrescentou: Levanta-te e vai, tua fé te salvou.” (Lc 17, 11-19)

Hoje, quando olho ao meu redor, vejo uma realidade: Muitos pedem muito a Deus e só isso os basta.

Pedem tanto que nem percebem quando recebem, e são indiferentes a Deus, pois o buscam como o “gênio da lâmpada” que pode realizar seus desejos. São pessoas vazias.

E sabe qual o melhor lugar para encontrar essas pessoas? Na própria igreja!

Basta falar de curas e milagres que correm para a igreja. Curas atraem uma multidão, que seguem essa busca de conseguir algo ao invés, de buscar a Companhia de Deus.

Cuide-se, meu irmão, para não ser assim!

Busque a companhia de Deus, apenas porque O ama e quer estar a Seu lado. Não procure a Deus apenas para conseguir graças. Queira ser uma pessoa cheia: Cheia do Espírito Santo!

E seja agradecida!

Deus é Deus! E como Deus não tem obrigação de te dar tantas coisas que te dá.

Sua vida é uma benção! Então, como abençoado proste-se aos pés do Senhor e seja agradecido.

Seja o leproso que voltou para agradecer.

Obrigada Senhor, por tanto amor!

Daniele Cadête

Consagrada Obra de Maria

Missão Brasília

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...